Rachaduras nas paredes – Quando são um sinal de perigo?

Rachaduras-nas-paredes

É bastante comum encontrar nos imóveis trincas e rachaduras nas paredes, contudo, você saberia identificar quando elas são um sinal de perigo? Neste artigo você vai aprender a identificar quais são as rachaduras nas paredes que podem proporcionar problemas estruturais sérios. É preciso ficar bastante atento as imperfeições que surgem no seu imóvel, tanto em casas como em apartamentos. Preste atenção na direção e na profundidade de cada rachadura, trinca e fissura.

Rachaduras nas paredes, saiba mais

Infelizmente a maioria das pessoas ignoram os sinais que um imóvel dá com o passar do tempo. E nos casos mais sérios, tais sinais apontam um sério risco, até mesmo de um desabamento que pode ser fatal.

Mas como saber que realmente é um problema estrutural? Como posso verificar que uma trinca ou fissura é algo que não oferece perigo?

Rachaduras-nas-paredes

  • Vale ressaltar que nem todas as rachaduras nas paredes apontam para uma grave falha estrutural indicando que o imóvel não é mais seguro. Porém, seja qual for, o tamanho, profundidade e inclinação, merece sua atenção para que os reparos necessários sejam feitos e que tanto você como sua família possam dormir tranquilos.

Rachaduras, trincas e fissuras que não oferecem perigo

Se você perceber que existe alguma trinca, fissura e rachadura na vertical ou na horizontal verifique se as mesmas são rasas, se forem, menos mal e não apresentam risco estrutural. Contudo, o correto é contratar mão de obra especializada para fazer estes pequenos reparos.

Alerta de perigo eminente

Rachaduras nas paredes

A direção das rachaduras, trincas e fissuras podem ser um sinal de alerta. Estas imperfeições quando na diagonal e profundas indicam que existe perigo eminente, inclusive de uma ruptura estrutural que pode levar ao desabamento do imóvel.

A causa destes tipos de problemas pode estar relacionada a falhas na fundação do imóvel, excesso de peso na laje, na estrutura que suporta o peso da laje e telhado, peso da caixa d’água em uma laje mal dimensionada, entre outros.

Neste caso para a sua segurança e de sua família, entre em contato com a Defesa Civil do município onde você reside, para que eles façam a avaliação do imóvel e se for preciso os direcione para um abrigo até que os reparos sejam feitos.

  • Neste caso a obra de reparo e/ou contenção deve ser acompanhada de perto por um engenheiro civil.

Por que as trincas e rachaduras nas paredes surgem com mais frequência no período chuvoso?

Quando a edificação é feita sobre uma fundação inapropriada para o tipo de terreno onde foi construída, ela fica mais propensa aos danos estruturais. Nos períodos de chuvas intensas, o solo encharcado tende a ceder, e se a fundação não for feita de acordo com as normas técnicas, ela pode facilmente comprometer toda a edificação, por isso as rachaduras nas paredes e as trincas surgem com mais facilidade nestas ocasiões.

Com estas dicas sobre os problemas e as consequências das rachaduras nas paredes, você pode fazer um diagnóstico precoce sobre os riscos e tomar as decisões corretas a tempo de salvar a sua vida e daquelas pessoas que você tanto ama.

Compartilhe

Comentários do Facebook:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *