6 dicas para reformar seu ponto comercial

6-dicas-para-reformar-seu-ponto-comercial

Está em processo de abrir seu negócio? Saiba que o momento de procurar uma loja para alugar é mais importante do que você imagina! Afinal, o ponto é muito mais do que o local onde você realiza as suas atividades: é o cartão de visitas do seu negócio. Se sua empresa está dando os primeiros passos, então procurar por um ponto comercial para alugar é a melhor opção. O compromisso financeiro não é tão alto, e, caso você note que o local não está funcionando, pode se mudar sem maiores complicações.

A hora de procurar um ponto comercial à venda é quando seu negócio está mais estabelecido, você tem a capacidade de assumir um compromisso financeiro que durará anos e tem certeza de que determinada localização é a melhor. Também é possível adquirir um imóvel desse tipo para alugar e conseguir uma renda extra.

Independente disso, o ponto comercial quase sempre exige adaptações, por menores que sejam. Seja você um empresário que quer ter um ponto de arrasar ou um proprietário que quer valorizar a propriedade, há algumas dicas a se seguir para não errar na reforma. Confira!

Pense se você pretende colocar seu ponto comercial à venda em breve

6-dicas-para-reformar-seu-ponto-comercial

Pontos comerciais quase sempre exigem reformas. Saiba como acertar nas renovações! (Foto: Unsplash)

Uma reforma que visa adaptar um imóvel ao funcionamento de um negócio específico deve ser feita de modo diferente que uma adaptação que vise valorizar um ponto comercial à venda.

Portanto, caso você seja o proprietário e pretenda fazer uma reforma, se pergunte: você pretende colocar o ponto comercial à venda em breve?

Se a resposta for sim, a renovação deve visar transformar o ponto em um coringa, que vai encher os olhos de qualquer inquilino em potencial. Veja algumas dicas:

  • Invista em um bom projeto de iluminação, que valorize o imóvel e o faça parecer mais amplo.
  • Prefira paredes em cores neutras. Além de fazerem o local parecer mais amplo, combinam com qualquer tipo de negócio, algo muito valorizado por quem quer entrar e já começar as operações, sem fazer grandes adaptações.
  • Implante medidas de segurança. Recursos como alarmes, grades e sensores de presença fazem a diferença!

Crie uma decoração que seus clientes vão amar

6-dicas-para-reformar-seu-ponto-comercial

As cores têm um papel muito mais importante do que você imagina na decoração de seu ponto comercial (Foto: Unsplash).

Você não pode agradar todo mundo. É por isso que toda loja precisa ter um público alvo!

Acontece que nem só o mix de produtos e os preços cobrados por eles são influenciados pelo posicionamento de mercado. Antes de reformar o seu ponto comercial, reflita: que tipo de decoração atrairia e encantaria o seu perfil de cliente?

Estabelecimentos mais populares costumam investir em tons mais chamativos, que atraem toda a atenção para os preços baixos. Cores como vermelho, laranja e amarelo são ótimas opções.

Estes tons também são conhecidos como as cores da fome, justamente por abrirem o apetite. Por isso, também são excelentes opções para restaurantes! Esses estabelecimentos devem passar longe de tons que não estão presentes em alimentos naturais, como o azul.

Já no caso de lojas voltadas a um público mais premium, menos é mais! A elegância está em uma decoração limpa, com tons que remetem à sofisticação. Bordô, preto, azul marinho e tons terrosos, em geral, transmitem essa mensagem e já dão a entender a proposta premium do seu negócio.

Está em dúvida e prefere não errar? Contrate um profissional especializado, como um designer ou um arquiteto de interiores. Eles são capacitados para fazer o seu ponto transmitir a mensagem da sua marca.

Pense nas rotinas do dia a dia

Não basta ter um ponto de arrasar: é preciso que sua decoração seja prática e facilite as operações no dia a dia.

Por exemplo: digamos que o estoque fique no segundo piso. Você encontrou uma escada em caracol linda, que combina totalmente com a decoração da sua loja. Pense: será que ela proporciona conforto e segurança suficientes para ir e voltar do espaço de armazenagem constantemente?

Ou, ainda, você tem uma loja premium e achou um lustre lindo, para tornar seu estabelecimento ainda mais requintado. Mas será que a luz do sol não vai bater nele, deixando o ambiente ofuscante?

Você encontrou o piso dos seus sonhos, mas ele é indicado apenas para locais de baixo tráfego. Será que vale a pena correr o risco de tê-lo danificado em pouco tempo, em nome da estética?

Moral da história: leve a funcionalidade em consideração! Novamente, um profissional especializado pode te ajudar com os prós e os contras da decoração escolhida por você.

Crie uma decoração que facilite a limpeza

O ponto comercial se caracteriza por ser um local com alto trânsito de pessoas. Entre clientes, funcionários e fornecedores, o vai e vem é grande!

Deste modo, não basta que a decoração seja adaptada a essa característica: ela também deve ser fácil de limpar, principalmente o chão. Alguns pisos te ajudam nessa tarefa, como os vinílicos, laminados e de porcelana.

Por outro lado, passe longe de pisos de madeira natural, mais delicados, e o carpet, que exige aspirador de pó para ficar limpo e pode causar desconforto a pessoas com alergias respiratórias.

Programe a reforma de modo a afetar suas operações o mínimo possível

6-dicas-para-reformar-seu-ponto-comercial

Por mais que seja impossível eliminar os contratempos de uma obra, é possível reduzi-los (Foto: Unsplash).

Reformar um ponto comercial sempre causa um contratempo, em maior ou menor medida, às operações de um negócio. Entretanto, é possível programá-la de um modo que prejudique as operações o menos possível.

A melhor opção é realizá-las em épocas nas quais já há uma tendência a um movimento mais fraco, ou, ainda, durante as férias coletivas dos funcionários.

Se possível, faça todas as modificações necessárias antes de abrir as portas definitivamente. Por mais que haja atrasos e contratempos – muito comuns em qualquer obra, por sinal – eles não afetarão as operações, nem te custarão clientes. Na pior das hipóteses, você terá que adiar a inauguração.

Pense no conforto térmico e acústico

Quando se trata de um ponto comercial, a comodidade dos clientes é tudo. Além de investir em um local com uma localização estratégica e com amenidades, como estacionamento, é importante que seus clientes se sintam bem quando estiverem em seu estabelecimento.

Deste modo, é muito vantajoso investir em materiais que contribuam com o conforto térmico e acústico. Assim, eles ficam mais tempo dentro da sua loja – e gastam mais!

Compartilhe

Comentários do Facebook:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *